ECA. Guia PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO

May 28, 2016 | Author: Vagner Aquino Carvalho | Category: N/A
Share Embed Donate


Short Description

Download ECA. Guia PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS...

Description

PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO

Guia PÓS-

GRADUAÇÃO ECA

2013

A Pós-Graduação da ECA-USP deseja-lhes boasvindas neste novo ano letivo que se inicia. Que este espaço universitário propicie as melhores condições para o seu crescimento pessoal, intelectual e acadêmico. A contribuição da Pós-Graduação da ECA-USP para a institucionalização da pesquisa científica em Comunicações e Artes no Brasil e o seu papel no processo de formação de pesquisadores e de docentes para o ensino superior são fatos reconhecidos. A partir de agora você irá ajudar a construir essa história. Para que você conheça melhor a estrutura vigente e o pleno funcionamento dos seis Programas de nossa Escola, a Comissão de Pós-Graduação elaborou o documento Guia Pós-Graduação ECA. Esperamos que seja um instrumento útil que o acompanhará no período em que aqui estiver cursando o Mestrado ou o Doutorado. Seja bem-vindo à comunidade ecana e participe ativamente de nossas atividades de formação, pesquisa e extensão. Asa Fujino Presidente da CPG

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Caro pós-graduando ingressante de 2013

3

1

A Pós-Graduação da ECA..............................................................7 .1.1 Breve retrospectiva.....................................................................7 1.2 Estrutura vigente .......................................................................8 1.3 Comissão de Pós-Graduação (CPG)..........................................8 1.4 Serviço de Pós-Graduação (SPG) e Secretaria-Geral .........................................................................9

2 Regimento da Pós-Graduação da USP ......................................10 3 Os Programas de Pós-Graduação da ECA-USP.........................10 3.1 Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC)..... 10 3.2 Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV)....... 11 3.3 Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI).................................................12 3.4 Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCOM)....................................13 3.5 Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA).........................................15 3.6 Programa de Pós-Graduação em Música (PPGMUS)............. 17 4 Representação Discente nos Colegiados...................................18 5. Fique por dentro 5.1 Instruções para acesso aos Sistemas USP..............................18 Gerar e-mail USP Acesso ao Sistema Janus Solicitação de carteira da USP Solicitação de carteira de passe escolar Solicitação de carteira da biblioteca Acesso aos computadores da ECA 5.2 Bolsas de estudos.....................................................................19 5.3 Matrículas semestrais...............................................................20 5.4 Disciplinas ................................................................................20

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Sumário

5

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013 6

5.5 Regimentos e normas...............................................................20 5.6 Prazos.......................................................................................21 Mestrado e Doutorado Exame de Qualificação Depósito de tese e dissertação 5.7 Defesa de tese e dissertação...................................................22 5.8 Prorrogação de prazos.............................................................22 5.9 Trancamento de Matrícula........................................................23 5.10 Cancelamento de Disciplinas..................................................23 5.11 Transferência de Orientador....................................................23 5.12 Desligamento..........................................................................23 6 Participação do corpo discente...................................................23 6.1 Envolvimento do estudante com o Programa...........................23 6.2 Programa de Aperfeiçoamento de Ensino (PAE)...................... 24 6.3 Atividades extracurriculares.....................................................24 6.4 Congressos, encontros e seminários nacionais e internacionais......................................24 6.5 Auxílios especiais da Pró-Reitoria de Pós-Graduação para doutorandos............................................24 6.6 Produção científica ..................................................................25 6.7 Produção artística.....................................................................25 6.8 Produção técnica......................................................................26 7 Infraestrutura de apoio ao ensino e à pesquisa......................... 26 7.1 Biblioteca..................................................................................26 7.2 SIBINET....................................................................................27 7.3 Site da Pós-Graduação.............................................................28 7.4 Laboratórios de Informática......................................................28 7.5 Apoio e assistência social ao estudante...................................28 7.5.1 Alimentação.....................................................................29 7.5.2 Transporte........................................................................29 7.5.3 Localização......................................................................29

1.1 Breve retrospectiva A Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP) foi fundada em 15 de junho de 1966, com o nome de Escola de Comunicações Culturais. Desde então vem cumprindo sua missão de formar profissionais e pesquisadores nas áreas das comunicações e das artes, produzindo conhecimentos científicos, por meio de um amplo e diversificado universo de atividades de ensino, pesquisa e de extensão de serviços à comunidade. Na década de 1970, para atender às novas demandas dos cursos de graduação recém-criados e compor seu quadro docente, bem como as exigências de titulação pela Universidade, teve que recorrer a outras unidades da Universidade e criar sua pós-graduação que teve seu início nesse período. Assim, em 8 de janeiro de 1972, surge o mestrado na área de Comunicação e em 3 de março de 1974 o mestrado em Artes, ambos pioneiros no Brasil. Em 1980 temos a implantação dos doutorados dos dois Programas, marcando novamente o pioneirismo nas áreas de Comunicação e das Artes no Brasil e na América Latina. A Escola assim completou o ciclo para a formação acadêmica das áreas: graduação e pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado). A Pós-Graduação da ECA-USP passou por grandes transformações na sua estrutura funcional nos últimos anos, constituindo-se em programas independentes por áreas de conhecimento. Esta moderni­ zação foi uma resposta às novas demandas de pesquisa das áreas de Comunicação, Informação e Artes, além de exigências da CAPES. Iniciou-se, em 2001, um grande debate interno tanto no Programa de Ciências da Comunicação, como também no Programa de Artes em torno das mudanças que se faziam necessárias. Todo esse processo de discussão e ajustes da estrutura então vigente culminou com uma grande reestruturação, que poderia ser chamada de radical, implantada

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

1 A Pós-Graduação da ECA

7

em 2006. Dessa reestruturação, como fruto de um esforço coletivo e coordenado pela Comissão de Pós-Graduação (CPG) da ECA, emergiram na época quatro programas, Artes Visuais, Artes Cênicas, Música e Ciência da Informação, além da manutenção do Programa de Ciências da Comunicação. Como parte desse processo de transformação foi aprovado pela CAPES em 2009 a criação do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais.

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

1.2 Estrutura vigente

8

A nova estrutura, implantada em 2006, deixa então de estar vinculada aos Departamentos de origem e se estabelece através de programas com áreas de conhecimento distintas e com perspectiva plural. Desde então esses programas vêm passando por atualizações e ajustes, fazendo com que a pós-graduação da ECA-USP, a partir do final de 2009, se configure como uma estrutura acadêmico-administrativa de seis programas, a saber: Artes Cênicas (PPGAC); Artes Visuais (PPGAV); Ciência da Informação (PPGCI); Ciências da Comunicação (PPGCOM); Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA); e Música (PPGMUS). É a única Escola de Comunicações e Artes do País que reúne na mesma Comissão de Pós-Graduação seis programas, sendo a primeira, também, a reunir dois programas dentro da área de Comunicação. Cada programa é dirigido pela Comissão de Coordenação do Programa (CCP), composto por membros eleitos pelos docentes do programa. O mandato dos membros, em que se incluem o coordenador e vice, é de dois anos, permitida a recondução, além da representação discente com o mandato de um ano, permitida uma recondução. 1.3 Comissão de Pós-Graduação (CPG) A gestão geral desses seis programas de Pós-Graduação da ECA-USP é de competência da Comissão de Pós-Graduação (CPG). Conforme o que determina o Artigo 35 do Regimento de Pós-Graduação da Universidade de São Paulo (www.usp.br/prpg), as atribuições da CPG são inúmeras. Para ilustrar com dois exemplos: cabe à CPG a aprovação de toda autorização de novas iniciativas e decisões refe­ rentes ao pleno funcionamento dos programas vigentes, bem como a homologação de nomes das comissões julgadoras, de defesas de teses e dissertações dentre outras funções. A CPG se reúne em sessões plenárias mensais e, eventualmente, em reuniões extraordinárias

quando necessárias. Trata-se de um colegiado formado pelos coordenadores de todos os programas e por representação discente. A atual composição da CPG é a seguinte:

Presidente: Asa Fujino (PPGCI)

Monica Baptista Sampaio Tavares (PPGAV) Membros titulares: Adilson Odair Citelli (PPGCOM) Asa Fujino (PPGCI) Eduardo Victorio Morettin (PPGMPA) Flávio Augusto Desgranges de Carvalho (PPGAC) Monica Baptista Sampaio Tavares (PPGAV) Rogério Luiz Moraes Costa (PPGMUS) Leonel Martins Carneiro (representante discente)

1.4 Serviço de Pós-Graduação (SPG) e Secretaria-Geral A Pós-Graduação da ECA-USP conta com uma secretaria-geral, que viabiliza todo funcionamento e o fluxo dos documentos com a PróReitoria de Pós-Graduação da USP. O atendimento pessoal ao público em geral e aos alunos dos seis Programas é feito neste Serviço, que conta com as seguintes funcionárias: Ivete de Siqueira Mello – Chefe Elaine Pereira Mirian Zarate Villalba E-mail: [email protected] Site: www.pos.eca.usp.br Telefone: 3091-4019 Horário de atendimento no balcão: de segunda a sexta – das 12h às 16h30

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Vice-presidente:

9

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

2 Regimento da Pós-Graduação da USP

10

Em setembro de 2008 foi aprovado o novo regimento da Pós-Graduação da Universidade de São Paulo. Esse documento é o que rege o funcionamento geral da pós e ao qual devem estar submetidas as normas internas de cada programa. A íntegra deste documento pode ser consultada no site da Pró-Reitoria da Pós-Graduação: www.usp.br/prpg. Desde o início de 2011, a Pró-Reitoria vem promovendo uma série de discussões com o objetivo de avaliar e aperfeiçoar este Regimento incorporando su­ gestões que foram encaminhadas e discutidas nas diversas instâncias que compõem a pós-graduação.

3 Os Programas de Pós-Graduação da ECA-USP 3.1 Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC) O PPGAC está estruturado em duas Áreas de Concentração que estão subdivididas em quatro Linhas de Pesquisa (LP), conforme demonstrado no Quadro 1. Quadro 1 – Áreas de Concentração e Linhas de Pesquisa do PPGAC CÓDIGO

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO LINHAS DE PESQUISA

27155 Pedagogia do Teatro

1. Formação do Artista Teatral 2. Teatro e Educação

27156 Teoria e Prática do Teatro

1. Texto e Cena 2. História do Teatro

3.1.1 Comissão Coordenadora de Programa (CCP) Titular Suplente Coordenador Flávio A. Desgranges de Carvalho

Marcos Aurélio Bulhões Martins

Marcos Aurélio Bulhões Martins Flávio A. Desgranges de Carvalho Sayonara Souza Pereira

Luiz Fernando Ramos Elizabeth F. C. Ribeiro Azevedo Silvia Fernandes da Silva Telesi

3.1.2 Publicação do Programa PPGAC

Informações e consultas sobre o regulamento e as normas específicas do PPGAC ver no site: www.pos.eca.usp.br E-mail: [email protected] Secretária: Tânia Delonero

3.2 Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV) O PPGAV tem por objetivos produzir e fomentar a pesquisa na área das Artes Visuais, no intuito de garantir a necessária interface entre teoria e prática; consolidar a formação de um eixo de criação e reflexão; formar profissionais qualificados para a produção e o ensino. Concentra-se em duas áreas: Poéticas Visuais e Teoria, Ensino e Aprendizagem da Arte, com suas quatro respectivas linhas de pesquisa, conforme demonstrado no Quadro 2.

Quadro 2 – Áreas de Concentração e Linhas de Pesquisa do PPGAV CÓDIGO

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

LINHAS DE PESQUISA

27159 Poéticas Visuais

1. Processos de criação em Artes Visuais 2. Multimeios

27160 Teoria, Ensino e Aprendizagem da Arte

1. História, Crítica e Teoria da Arte 2. Fundamentos do Ensino e Aprendizagem da Arte

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

• Revista Sala Preta (http://www.revistasalapreta.com.br), publicada desde 2001, periodicidade semestral, classificada no Qualis da CAPES com o nível A1.

11

3.2.1 Comissão Coordenadora de Programa (CCP) Titular Suplente Coordenadora Monica B. Sampaio Tavares

Gilberto dos Santos Prado

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Monica Baptista Sampaio Tavares Sumaya Mattar Moraes Gilberto dos Santos Prado Branca Coutinho de Oliveira Sonia Salzstein Goldberg João Luiz Musa

12

3.2.2 Publicação do Programa PPGAV No que diz respeito às publicações do Programa, contamos com a revista ARS, versão impressa e eletrônica, atualmente no número 19 de 2012, ano 10, e com avaliação Qualis A1. É a primeira revista de Artes Visuais do Brasil constante da Coleção SciELO http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=16785320&nrm=iso&Ing=pt As normas específicas do PPGAV detalham o fluxo acadêmico e administrativo do programa. Consulte-as no site: www.pos.eca.usp.br E-mail: [email protected] Funcionário:Bruno Ribeiro

3.3 Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) O PPGCI está estruturado em uma Área de Concentração e três Linhas de Pesquisa, conforme demonstrado no Quadro 3. Quadro 3 – Área de Concentração e Linhas de Pesquisa do PPGCI CÓDIGO

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO

27151 Cultura e Informação

LINHAS DE PESQUISA 1.Organização da Informação e do Conhecimento 2.Gestão de Dispositivos de Informação 3. Apropriação Social da Informação

3.3.1 Comissão Coordenadora de Programa (CCP)

Coordenadora Asa Fujino

Marilda Lopes Ginez de Lara

Asa Fujino Marilda Lopes Ginez de Lara Marcelo dos Santos

Marivalde Francelin Lucia de Oliveira José Fernando Modesto

As normas específicas do PPGCI detalham o fluxo acadêmico e administrativo do programa . Consulte-as no site: www.pos.eca.usp.br E-mail:[email protected] Funcionária: Izabela de Oliveira Silva

3.4 Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCOM) O PPGCOM está estruturado em três Áreas de Concentração que estão subdivididas em oito Linhas de Pesquisa (LP), conforme Quadro 4. Quadro 4 - Áreas de Concentração e Linhas de Pesquisa do PPGCOM CÓDIGO

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

LINHAS DE PESQUISA

27152 Teoria e Pesquisa em Comunicação

1.Epistemologia, Teoria e Metodologia da Comunicação 2. Linguagens Estéticas da Comunicação 3.Comunicação e ambiências em re­des digitais

27153 Estudo dos Meios e da Produção Mediática 27154 Interfaces Sociais da Comunicação

1. Informação e mediações nas práti- cas sociais 2. Consumo e usos midiáticos nas práticas sociais



1. Comunicação, Cultura e Cidadania 2. Políticas e Estratégias de Comuni­- cação 3. Comunicação e Educação

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Titular Suplente

13

3.4.1 Membros da CCP do Programa Ciências da Comunicação (PPGCOM)

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Titular Suplente

14

Coordenador Adilson Odair Citelli Adilson Odair Citelli Eneus Trindade Barreto Filho Maria Immacolata Vassallo de Lopes Mayra Rodrigues Gomes (Representante Discente) Ben-Hur Demeneck

Eneus Trindade Barreto Filho Leandro Leonardo Batista Maria Clotilde P. R. Bairon Sant’Anna Elizabeth Nicolau Saad Corrêa Luciano Victor Barros Maluly Bianca Marder

Resolução 002/2010 – CCP – PPGCOM/USP Os orientandos ingressantes a partir de 2011 deverão apresentar produções acadêmicas qualificadas, segundo os seguintes critérios: 1.1 Mestrado No período de 30 meses, para que se efetive o depósito da dissertação, é preciso: 1.1.1 Apresentar, no mínimo, 2 (duas) produções, podendo ser trabalho completo em anais de Congresso nacional ou internacional, artigos em periódicos científicos, capítulos de livros, livros, coletâneas etc., desde que devidamente reconhecidas pelos indicadores Qualis, seguindo os critérios da área de Ciências da Comunicação. Toda produção científica deve ser pertinente à área/linha de pesquisa onde o discente está inserido. 1.2 Doutorado No período de 48 meses, para que se efetive o depósito da tese, é preciso: 1.2.1 Apresentar, no mínimo, 6 (seis) produções, podendo ser trabalho completo em anais de Congresso nacional ou internacional, artigos em periódicos científicos, capítulos de livros, livros, coletâneas etc., desde que devidamente reconhecidas pelos indicadores Qualis, seguindo os critérios da área de Ciências da Comunicação. Toda produção científica deve ser pertinente à área/linha de pesquisa onde o discente está inserido. As Normas específicas do PPGCOM detalham o fluxo acadêmico e administrativo do programa. Consulte-as no site: www.pos.eca.usp.br

3.4.2 Publicação do Programa PPGCOM

As normas específicas do PPGCOM detalham o fluxo acadêmico e administrativo do programa . Consulte-as no site: www.pos.eca.usp.br E-mail: [email protected] Telefone: 3091-4507 1ª. secretária: Rosely Vieira de Sousa 2ª. secretária: Andréia Zaik

3.5 Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA) O PPGMPA está estruturado em uma Área de Concentração que está subdividida em três Linhas de Pesquisa, conforme demonstrado no Quadro 5. Quadro 5 - Áreas de Concentração e Linhas de Pesquisa do PPGMPA CÓDIGO

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO

LINHAS DE PESQUISA

27161 Meios e Processos Audiovisuais 1. História, Teoria e Crítica 2. Poéticas e Técnicas 3. Práticas de Cultura Audiovisual

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Revista do PPGCOM: MATRIZes foi lançada em 29 de novembro de 2007, com periodicidade semestral. Seu objetivo é o de constituir-se em um espaço disseminador do pensamento comunicacional contemporâneo, a par do espírito de internacionalização de nosso tempo. É publicada em versão impressa (em português) e eletrônica (em inglês e outras línguas). Ver site: www.matrizes.usp.br. Qualis B1.

15

3.5.1 Membros da CCP do Programa Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA)

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Titular Suplente

16

Coordenador Eduardo Victorio Morettin

Eduardo Vicente

Eduardo Victorio Morettin Arlindo Ribeiro Machado Neto Eduardo Vicente

Rubens L. R. M. Júnior Henri P. A. de A. Gervaiseau Gilson Schwartz

(Representante Discente) Marcelo Vieira Prioste

Maria Alzuguir Gutierrez

3.5.2 Publicações do Programa PPGMPA • Significação – Revista de Cultura Audiovisual foi publicada pela primeira vez em 1974, com periodicidade semestral. Pertencente ao sistema Qualis; • Novos Olhares – publicação do Grupo de Estudos sobre Práticas de Recepção e Produção Midiática, com periodicidade semestral desde 1998. Pertencente ao sistema Qualis. • Rumores – Revista On-line de Comunicação, Linguagem e Mí­dias – publicação do MidiAto - Grupo de Estudos de Linguagem e Práticas Midiáticas, voltada para a divulgação de artigos científicos e resenhas que contribuam para o debate sobre comunicação, cultura, mídias e linguagem. As normas específicas do PPGMPA detalham o fluxo acadêmico e adminis­trativo do programa. Consulte-as no site: www.pos.eca.usp.br – Programa de Meios e Processos Audiovisuais. E-mail: [email protected] Telefone: 3091-4286 Secretária: Márcia Rangel

3.6 Programa de Pós-Graduação em Música (PPGMUS) Atualmente o PPGMUS está estruturado em duas Áreas de Concentração e em duas Linhas de Pesquisa (LP), conforme Quadro 6.

CÓDIGO

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

LINHAS DE PESQUISA

27157 Musicologia

1.Teoria e análise musical; 2. Musicologia e etnomusicologia.

27058

1. Performance; 2. Questões interpretativas; 3. Música e educação: processos de criação, ensino e aprendizagem; 4. Sonologia: criação e

Processos de Criação Musical

produção sonora.

3.6.1. Membros da CCP do Programa de Pós-Graduação em Música (PPGMUS) Titular Suplente Coordenador Rogério Luiz Moraes Costa Rogério Luiz Moraes Costa Eduardo Henrique Soares Monteiro Amilcar Zani Netto

Eduardo Henrique Soraes Monteiro Fernando Henrique de O. Iazzetta Rodolfo Coelho Nogueira de Souza

Representante Discente Rodrigo Felicíssimo As normas específicas do PPGMUS detalham o fluxo acadêmico e administrativo do programa . Consulte-as no site: www.pos.eca.usp.br E-mail: [email protected] Secretário: João Catarino

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Quadro 6 - Áreas de Concentração e Linhas de Pesquisa do PPGMUS

17

3.6.2 Publicação do programa

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

• Revista Música é uma publicação semestral do Programa de Pós-Graduação em Música. Fundada em 1990, a revista publica predominantemente artigos originais resultantes de pesquisa científica, incluindo também outros tipos de contribuições significativas para a área (traduções, entrevistas, resenhas, partituras). A publicação dos textos da Revista de Música está indexada no RILM (Répertoire International de Littérature Musicale). Atualmente é publicado em versão eletrônica

18

no site http://www.usp.br/revistasposeca/index.php/musica

4 Representação Discente nos Colegiados Conforme o Artigo 32, § 8º do Regimento da Pós-Graduação da USP, está assegurada a participação do discente de pós-graduação nos seguintes colegiados centrais da ECA: Congregação, Comissão de PósGraduação (CPG), Comissão de Pesquisa e a Comissão Coordenadora de Programa (CCP). Os alunos interessados em participar devem ficar atentos à convocação feita pelo Serviço de Pós-Graduação do processo eleitoral, que ocorre a cada ano ou quando se fizer necessário.

5 Fique por dentro 5.1 Instruções para acesso aos Sistemas USP • Gerar e-mail USP Acessar o site www.pedidoemail.usp.br e seguir as instruções Informar a secretaria de Pós-Graduação o email que foi gerado para inserção no Sistema Janus ([email protected]) • Acesso ao Sistema Janus Acessar o site www.sistemas.usp.br Clicar em Sistema Janus Primeiro acesso Preencher nº USP O sistema vai gerar uma senha e encaminhar para o email O aluno deverá repetir o processo acima e clicar em entrar (substituir a senha do Sistema por uma senha pessoal)

• Solicitação de carteira de passe escolar Setor de Passe Escolar Rua do Anfiteatro – Bloco E, horário: 8h30 às 19h30 Documentos a apresentar: declaração de matrícula (imprimir pelo Sistema Janus) • Solicitação de carteira da biblioteca Documentos necessários: 1 foto 3 x 4, comprovante (original) de endereço, comprovante (original) de matrícula • Acesso aos computadores da ECA Acessar o site www.eca.usp.br/sistemas - clicar em cadastro de usuário do domínio e seguir as instruções. 5.2 Bolsas de estudos A Pós-Graduação da USP conta com apoio de bolsas de estudo de vários órgãos de fomento. As principais agências financiadoras de pesquisa e formação de recursos humanos que oferecem bolsas de estudos aos alunos de pós-graduação matriculados no mestrado e doutorado são: CAPES (http://www.capes.gov.br/) e FAPESP (http://www. fapesp.br); os alunos do PPGAV, PPGCI, PPGCOM e PPGMPA contam, ainda, com o apoio do CNPq (http://cnpq.br/). À Comissão de Bolsas de cada Programa de Pós-Graduação compete a classificação e o acompanhamento dos bolsistas nos casos de bolsas da CAPES e CNPq. A inscrição para seleção dos projetos de pesquisa ocorre uma vez ao ano, de acordo com o Calendário Acadêmico disponível em www.pos.eca.usp.br. As inscrições para bolsas oferecidas pela FAPESP são concedidas diretamente para o aluno, mediante solicitação do orientador. Para o nível de Mestrado, a FAPESP dispõe de calendário específico disponível em seu site http://www.fapesp.br/ Os doutorandos podem desenvolver parte do seu projeto de tese em instituições estrangeiras por meio de programas específicos da CAPES e do CNPq.

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

• Solicitação de carteira da USP Acessar o site www.sistemas.usp.br Clicar em Sistema Janus Entrar com nº USP e senha Clicar em cartão USP Seguir as instruções para o pedido da carteirinha (não esquecer de anexar a foto digitalizada)

19

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

5.3 Matrículas semestrais As matrículas em disciplinas e/ou acompanhamento são semestrais e obrigatórias. Deverão ser efetuadas via web em https://janus. usp.br/janus até a defesa da Dissertação de Mestrado ou Tese e os meses previstos estão disponíveis no Calendário Acadêmico anual.

20

5.4 Disciplinas Há disciplinas obrigatórias e eletivas, de acordo com a estrutura curricular de cada programa. A escolha das disciplinas a serem cursadas pelo estudante de pós-graduação deverá ser submetida à apreciação do professor orientador antes da matrícula. 5.5 Regimento e Normas A seguir as principais regras que são comuns a todos os programas. 5.5.1 Créditos a) O candidato ao título de Mestre deverá integralizar, pelo menos, 96 créditos, obedecendo à seguinte distribuição; • no mínimo 28 (vinte e oito) créditos em disciplinas; • 68 (sessenta e oito) créditos na elaboração da dissertação; b) O candidato ao título de Doutor, portador do título de Mestre, deverá integralizar pelo menos 164 (cento e sessenta e quatro) créditos, obedecendo à seguinte distribuição: • no mínimo 21 (vinte e um) créditos em disciplinas; • 143 (cento e quarenta e três) créditos na elaboração da tese; c) O candidato ao título de Doutor, não portador do título de Mestre, deverá integralizar, pelo menos, 192 (cento e noventa e dois) créditos, obedecendo à seguinte distribuição: • no mínimo 49 (quarenta e nove) créditos em disciplinas; • 143 (cento e quarenta e três) créditos na elaboração da tese; d) O aluno de Mestrado ou Doutorado poderá substituir até 7 (sete) créditos referentes a disciplinas por créditos especiais, desde que realizados durante o período em que estiver matriculado no curso. Cabe à CCP analisar e deliberar sobre o pedido de incorporação dos créditos especiais. 5.5.2 Conceitos em disciplinas cursadas Regimento USP O aluno de Mestrado ou Doutorado deve atender às exigências de rendimento escolar e frequência mínima de 75% nas disciplinas de Pós-Graduação, conforme o Artigo 72 do Regimento de Pós-Graduação da USP .

O aproveitamento do aluno em cada disciplina (Artigo 73) será expresso por um dos seguintes conceitos: A - Excelente, com direito a crédito; B - Bom, com direito a crédito; C - Regular, com direito a crédito; R - Reprovado, sem direito a crédito; T - Aprovado em disciplina cursada fora da USP.

5.6 Prazos • Mestrado e Doutorado Para a realização dos cursos de Mestrado e Doutorado deverão ser respeitados os seguintes prazos e critérios: a) Mestrado: prazo máximo de 30 (trinta) meses para o depósito da dissertação; b) Doutorado: prazo máximo de 48 (quarenta e oito) meses para o depósito da tese. c) Doutorado Direto, sem obtenção do título de mestre: prazo máximo de 60 (sessenta) meses para o depósito da tese. • Exame de Qualificação a) O aluno de Mestrado ou Doutorado submeter-se-á ao exame de qualificação; b) O objetivo do exame de qualificação para o nível de mestrado é proporcionar ao aluno uma avaliação do processo de desenvolvi­mento da pesquisa num momento adequado, subsidiando-o com observações e sugestões pertinentes para eventuais modificações no projeto e/ou cronograma. Para o nível de Doutorado o objetivo da qualificação é, além do que já foi exposto para o nível de Mestrado, verificar se a pesquisa representa uma contribuição original ao estado da arte do tema tratado; c) Os prazos para inscrição do Relatório de Qualificação e a reali­ zação do exame devem ser acompanhados através da “Ficha do Aluno” em: https://janus.usp.br/(ingressantes a partir de 2010) Obs.: De acordo com o atual Regimento de Pós-Graduação da USP, o prazo estabelecido para o depósito do Exame de Qualificação não é prorrogável em nenhuma hipótese. Quando a data limite do depósito do relatório do exame de qualificação coincidir com finais de semana ou feriados, o depósito deverá ser antecipado para o dia útil anterior.

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Obs.: Para mais detalhes consultar os parágrafos do Artigo 73 do Regimento de Pós-Graduação da USP.

21

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

• Depósito da tese e dissertação As teses e dissertações devem ser depositadas no Serviço de Pós-Graduação acompanhadas de:

22

a) Formulário com a sugestão de banca totalmente preenchido e assinado pelo orientador - disponível em www.pos.eca.usp.br + formulários; b) Para todos os alunos: Mestrado: 8 (oito) cópias Doutorado: 12 (doze) cópias • Duas destas cópias deverão estar encadernadas com brocas, capa inteira em percalux. c) Uma cópia de sua dissertação ou tese em um único arquivo digital no formato PDF. d) Uma cópia impressa e atualizada do currículo na Plataforma CNPq/Lattes 2. A dissertação ou tese deverá ser obrigatoriamente redigida em português, atendendo aos quesitos e normas de cada Programa correspondente. Obs.: Quando a data limite do depósito da dissertação de mestrado ou tese coincidir com finais de semana ou feriados, o depósito deverá ser antecipado para o dia útil anterior.

5.7 Defesa da tese ou dissertação A sessão de defesa da dissertação de Mestrado e da tese de Doutorado deve ser realizada de acordo com os parágrafos 1º e 2º do Artigo 95 e dos Artigos 96 e 97 do Regimento de Pós-Graduação da Universidade de São Paulo e das Normas da CPG. 5.8 Prorrogação de prazos Em caráter excepcional, e por motivo exclusivamente acadêmico, a prorrogação de prazo para depósito da dissertação ou tese pode ser concedida, obedecendo ao que rege o Regimento da Pós-Graduação da USP (Artigo 53) e as Normas específicas de cada Programa. Para a concessão da prorrogação deverão ser atendidos os seguintes quesitos: a) requerimento firmado pelo aluno e com parecer circunstanciado do orientador, dirigido a CCP, acompanhado de justificativa da solicitação, versão preliminar da dissertação ou tese e cronograma indicativo das atividades a serem desenvolvidas no período;

5.9 Trancamento de Matrícula Em caráter excepcional, de acordo Artigo. 52 do Regimento da Pós-Graduação USP, o estudante matriculado em curso de Mestrado ou Doutorado pode requerer o trancamento de matrícula com plena cessação das atividades escolares, em qualquer estágio do respectivo curso, por prazo total não superior a 365 dias. (formulário específico e quesitos disponíveis em www.pos.eca.usp.br). 5.10 Cancelamento de disciplinas O cancelamento da matrícula em disciplina oferecida pela ECA deverá ser efetuado via web em https://janus.usp.br/janus. Os períodos previstos estão disponíveis no Sistema Janus + disciplinas oferecidas + turma. O cancelamento da matrícula em disciplinas de outras unidades deverá observar os prazos e limites definidos pela Unidade escolhida. Obs.: O orientador deve deferir o pedido do aluno pelo Sistema Janus.

5.11 Transferência de orientador Caso seja necessário ao aluno é facultada a mudança de orien­ tador (Artigo 83 do Regimento da Pós-Graduação da USP) – com anu­ên­cia do orientador atual e do novo orientador, com aprovação da CCP e da CPG. 5.12 Desligamento O aluno matriculado no Mestrado ou Doutorado poderá ser desligado do curso, conforme determina o Regimento da Pós-Graduação da USP em seu Artigo 54 e as Normas específicas de cada Programa. Obs.: Todos os requerimentos deverão ser entregues no balcão do Serviço de Pós-Graduação, de segunda a sexta, das 12h às 16h30, para os devidos encaminhamentos.

6 Participação do corpo discente 6.1 Envolvimento do estudante com o Programa A participação do aluno e o seu envolvimento com as atividades do Programa é fator determinante para um melhor aproveitamento discente como para a produtividade da Pós-Graduação da Escola.

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

b) a manifestação da CCP deverá ser encaminhada para apreciação da CPG, que a submeterá a CNR do CoPGr da Pró-Reitoria de Pós-Graduação.

23

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013 24

6.2 Programa de Aperfeiçoamento de Ensino (PAE) O PAE destina-se a aprimorar a formação de alunos de pósgraduação para a atividade didática de graduação e é composto de duas etapas, a preparação pedagógica e o estágio supervisionado em docência; a etapa de preparação pedagógica é pré-requisito para o estágio supervisionado e as duas etapas preveem o aproveitamento de créditos que devem ser solicitados à Comissão de Pós-Graduação (Requerimento Geral disponível em www.pos.eca.usp.br). Este programa da Universidade de São Paulo tem tido excelentes resultados e permitido uma grande integração entre o corpo docente e discente. O aluno deve ficar atento ao calendário da Pós-Graduação em relação aos prazos de inscrição para a participação e seleção, bem como às demais normas vigentes. Saiba mais em http://www.usp.br/prpg/pt/index.htm que explica as normas e o funcionamento e todos os programas. 6.3 Atividades extracurriculares Cada Programa de Pós-Graduação da Escola oferece aos alunos inúmeras possibilidades de participação e estudos, por meio das atividades extracurriculares, como congressos, seminários avançados, cursos de curta-duração, etc. Os alunos poderão também colaborar com a produção dos periódicos científicos das áreas de conhecimento específicas dos Programas. 6.4 Congressos, encontros e seminários nacionais e internacionais Os campos das Artes e das Ciências da Comunicação e da Informação contam hoje com a realização de inúmeros congressos nos âmbitos nacional e internacional. É fundamental que o estudante de Pós-Graduação participe ativamente desses encontros científicos não só como assistente, mas, sobretudo, por meio de inscrição prévia para apresentação de trabalhos. As entidades dessas áreas costumam fazer ampla divulgação desses eventos ao longo do ano letivo. 6.5 Auxílios especiais da Pró-Reitoria de Pós-Graduação para doutorandos A Pró-Reitoria de Pós-Graduação da USP possui um programa especial de apoio financeiro complementar aos alunos de doutorado e, excepcionalmente, para os alunos de mestrado, para permitir a par-

6.6 Produção científica O pós-graduando, desde seu ingresso no Programa de Pós-Gra­ duação, deve ter como uma de suas preocupações zelar para que tenha uma produção científica constante. Esta produção pode ser realizada na forma de livros, capítulos de livros, artigos em revistas acadêmicas e comunicações em congressos nas áreas de conhecimento a que está vinculado, além da produção artística e técnica, computada conforme as normas de cada programa. Os Programas da ECA costumam divulgar frequentemente chamadas para publicações de artigos em periódicos científicos e o calendário dos congressos para inscrição e submissão de trabalhos. É importante destacar que na avaliação trienal da CAPES a produção científica discente constitui um dos indicadores relevantes para composição do conceito/nota do Programa. Adota-se um padrão de pontuação para obtenção de conceitos: número de discentes autores X por 100, dividido pelo número total de estudantes. Daí a responsabilidade de cada aluno com o Programa apresentando uma produção acadêmica constante e significativa. Para isso, é exigência de todo Programa a manutenção atualizada de seu Currículo LATTES. 6.7 Produção Artística Cada Programa de Pós-Graduação define as normas e os critérios da produção artística discente. A área de Artes considera a produção artística como central no processo de avaliação da área pela CAPES. Advoga-se para os Programas da área um equilíbrio entre produção bibliográfica e produção artística. Neste sentido, o processo de avaliação da pós-graduação em Artes e Comunicações qualifica a produção artística e a produção bibliográfica. Nos Programas de Artes Cênicas, Artes Visuais e Música considerase produção artística relevante itens como os que se seguem: autoria, produção, curadoria, direção de obra teatral ou similar, atuação como ator

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

ticipação em congressos e ou estágios de pesquisa no exterior. Este programa visa apoiar a permanência dos alunos realizando pesquisas no exterior, relacionadas a sua área de interesse. As informações sobre as modalidades de apoio, a documentação exigida, os requisitos necessários e os prazos para recebimento dos pedidos poderão ser obtidos no site da Pró-Reitoria da Pós-Graduação: www.usp.br/prpg. É importante destacar que todo o processo é viabilizado no Programa onde o aluno está vinculado e pela CPG.

25

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013 26

ou performer; exposição coletiva ou individual; realização de instalação artística e similares; composição musical de grande porte (peça sinfônica, quarteto de cordas) ou de série de obras consideradas em seu conjunto; participação como solista em concertos; atuação regular em grupos ins­ trumentais, gravação e/ou realização de vídeos, filmes, entre outros. No Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais a produção artística, obra audiovisual e obra multimídia devem manter clara vinculação com as linhas de pesquisa do programa. O que é considerado produção artística pode ser acessado por meio do site http://www.pos.eca.usp.br/index.php?q=pt-br/node/312 A produção artística para ser qualificada deve preencher os re­ quisitos que estão explicitados nos documentos elaborados pelas coordenações de área da CAPES. 6.8 Produção técnica Entende-se como produção técnica obras de caráter aplicado que objetivem criar e difundir meios e suportes para as diferentes produções científicas e artísticas e que mantenham clara vinculação com as linhas de pesquisa do programa. Cada programa tem em suas normas critérios específicos de avaliação dessa produção.

7 Infraestrutura de apoio ao ensino e à pesquisa As condições institucionais e de infraestrutura para o funcionamento dos Programas são bastante favoráveis e condizentes, em todos os sentidos, para as necessidades de um bom desempenho das atividades discentes. Neste conjunto destaca-se a importância da Biblioteca e dos laboratórios disponíveis. 7.1 Biblioteca Considerada uma das melhores da América Latina em sua especialidade, a Biblioteca da ECA oferece aos seus usuários um acervo de mais de 270 mil documentos, entre os quais: livros, te­ses, DVDs, CDs, partituras, peças de teatro, imagens digitais, histórias em quadrinhos, catálogos de exposições de arte e outros. Assina 345 pe­riódicos especializados, a maioria dos quais em versão online, e possui uma rara coleção de revistas antigas.

VPN - Centro de Computação Eletrônica: www.cce.usp.br/nod?q=e/45 SIBiNet e Dédalus: www.usp.br/sibi Para saber mais sobre a Biblioteca da ECA, consulte: Site: http://www.eca.usp.br/ biblioteca. Blog: http://bibliotecadaeca.wordpress.com/ Twitter: http://twitter.com/bibliotecadaeca/ Flickr: http://www.flickr.com/photos/bibliotecadaeca/ Facebook:http://www.facebook.com/bibliotecadaeca/



7.2 SIBINET É possível acessar o catálogo de livros através do site http://www. usp.br/sibi/ e consultar onde e se eles estão disponíveis. Através do site SIBINET e após instalar o programa VPN (seguindo o tutorial no site http://www.cce.usp.br/?q=node/45) é possível acessar todas as publicações eletrônicas com as quais a USP mantém uma assinatura virtual e ficar atualizado com o estado da arte de cada programa sem a necessidade de deslocamento até a Cidade Universitária.

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Na Biblioteca o aluno recebe orientação sobre o uso das bases de dados especializadas, livros eletrônicos, teses e revistas online disponíveis nos portais da CAPES, do Sistema Integrado de Bibliotecas da USP (SIBi) e na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. O usuário tem à sua disposição salas e cabines especiais para consulta de material audiovisual, espaços para estudo em grupo e individual, acesso a internet pelos terminais da Biblioteca e rede sem fio. A Biblioteca oferece acesso a documentos técnico-científicos disponíveis em outras bibliotecas e serviços de informação (COMUT) e orientação na realização de levantamentos bibliográficos e pesquisas em geral, buscando promover o acesso à informação e desenvolver competências informacionais em seus usuários. Pelo Banco de Dados Bibliográficos da USP (Dédalus), é possível localizar livros, teses, periódicos e outros documentos do acervo de todas as bibliotecas da USP, verificar se estão disponíveis para empréstimo, fazer reservas e renovações. No site do Sistema Integrado de Bibliotecas da USP (SIBiNet) também estão disponíveis publicações eletrônicas e bases de dados internacionais assinadas pela Universidade, que os alunos podem acessar de seus próprios computadores. Para tanto, é necessário instalar e configurar a Virtual Private Network (VPN), de acordo com as instruções do site do Centro de Computação Eletrônica (CCE) da USP.

27

As principais publicações internacionais estão à disposição dos alunos em seus próprios computadores. (É necessário já ter senha de acesso à rede USP – dúvidas - CCE http://www.cce.usp.br/) Centro de Computação Eletrônica (CCE) Endereço: Av. Professor Luciano Gualberto, Travessa 3, nº 71 - Cidade Universitária - Butantã - São Paulo - SP - CEP 05508-010 Telefones: (55-11) 3091.6400 E-mail da diretoria do CCE: [email protected] Consultoria de informática para comunidade USP: [email protected]

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Assuntos pertinentes ao conteúdo das páginas www do CCE: [email protected]

28

7.3 Site da Pós-Graduação A Pós-Graduação mantém um site que contém as principais informações referentes à estrutura e funcionamento dos programas. Neste site é possível acessar os formulários para solicitações diversas, calendários de atividades, normas dos programas, links importantes, notícias atualizadas sobre atividades desenvolvidas pelos programas, e-book etc. O endereço é http://www.pos.eca.usp.br. 7.4 Laboratórios de informática A Seção Técnica de Informática (STI) da ECA disponibiliza à comunidade ECA: Sala Multimídia: 13 microcomputadores, projetor; Sala de Aprendizado Eletrônico: 2 projetores, tela de projeção, lousa eletrônica e TV de 52”; Estúdio de Gravação de vídeo: equipada com iluminação e revestimento acústico; Sala de Pesquisa; 7 microcomputadores, 1 impressora laser e conexão com rede sem fio. Além disso, a STI admi­ nistra a rede da ECA, oferecendo a seus usuários, através de seus servidores, validação e controle de usuários; servidores de arquivos; websites; correio eletrônico, suporte técnico de hardware e software, com o objetivo de diagnósticar problemas e otimizar o encaminhamento de soluções. 7.5 Apoio e assistência social ao estudante Na página on-line da Coordenadoria de Assistência Social (COSEAS) da USP: www.usp.br/coseas, o estudante encontrará todas as informações de interesse em relação ao Programa de Apoio a Permanência Estudantil, como alimentação, transporte, moradia etc. Coordenadoria de Assistência Social (COSEAS) Rua do Anfiteatro, 295 – Cidade Universitária, São Paulo – 05508-900 - SP Tel (55 11) 3091-2043 e Fax (55 11) 3032-4974

7.5.1 Alimentação Existem diversos refeitórios que servem aos alunos da Cidade Universitária, além de diversas lanchonetes e cafés. Sob a direção da COSEAS- USP, o aluno poderá utilizar o Restaurante Central, o Instituto de Química e o Instituto de Física, conhecidos como “bandejões” e que possuem preços bastante acessíveis.

Horário de funcionamento: de segunda a sexta: café da manhã: das 7h às 8h30, almoço: das 11h às 14h e jantar: das 17h30 às 19h45. Aos sábados: café da manhã: das 7h30 às 8h30 e almoço: 11h às 13h50 Aos domingos: café da manhã: das 8h às 9h30 e almoço: das 12h às 14 horas Horário de funcionamento do Caixa Central: de segunda a sexta das 7h às 19h30

Além desse restaurante central, poderá utilizar os demais espa­ lhados pelo campus. Restaurante Instituto de Química Av. Lineu Prestes, 748, Cidade Universitária, São Paulo - SP Tel.: 3034-1993 Horário de funcionamento de segunda a sexta: almoço: das11h às 14horas e jantar: das 17h30 às 19h45

Restaurante Instituto de Física Rua do Matão, Travessa R, 187 Cidade Universitária, São Paulo - SP Tel.: 3091-6710 / 3091-6711 Horário de funcionamento de segunda a sexta almoço : das 11h às 13h50 jantar : das 17h30 às 19h30

7.5.2 Transporte Além dos ônibus circulares que atendem a comunidade uspinia­na, os alunos podem solicitar junto à COSEAS o benefício de meia-passagem nos transportes metropolitanos. Para tanto, basta imprimir ou solicitar junto à secretaria um comprovante de matrícula e comparecer a COSEAS, preencher o formulário no ato e seguir as instruções dadas no setor. 7.5.3 Localização Mapa da Cidade Universitária http://www.usp.br/mapas/mapas/pdf/cidade universitaria.pdf Mapa da ECA http://www3.eca.usp.br/localizacao

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Restaurante Central – Corredor do CRUSP - Próximo ao Bloco G Cidade Universitária, São Paulo - SP – Tel.: 3091-3318

29

Universidade de São Paulo

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

Reitor: João Grandino Rodas Vice-Reitor: Hélio Nogueira da Cruz Pró- Reitor de Pós- Graduação: Vahan Agopyan

Diretora: Margarida Maria Krohling Kunsch Vice-Diretor: Eduardo Henrique Soares Coutinho . Comissão de Pós-Graduação Presidente: Asa Fujino Vice-presidente: Monica Baptista Sampaio Tavares Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC) Coordenador: Flávio Augusto Desgranges de Carvalho Suplente: Marco Aurélio Bulhões Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV) Coordenadora: Monica Baptista Sampaio Tavares Suplente: Gilberto dos Santos Prado Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) Coordenadora: Asa Fujino Suplente: Marilda Lopes Ginez de Lara Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCOM) Coordenador: Adilson Odair Citelli Suplente: Eneus Trindade Barreto Filho Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA) Coordenador: Eduardo Victorio Morettin Suplente: Eduardo Vicente Programa de Pós-Graduação em Música (PPGMUS) Coordenador: Rogério Luiz Moraes Costa Suplente: Mario Rodrigues Videira Júnior Produção Editorial: Assistência de Comunicação da ECA

30

Impressão: Multiofício

31

Guia PÓS-GRADUAÇÃO ECA – 2013

COMISSÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA ECA Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443 – Prédio Principal da ECA – 1º andar Cidade Universitária – CEP 05508-020 email: [email protected] site: www.pos.eca.usp.br

View more...

Comments

Copyright � 2017 SILO Inc.
SUPPORT SILO